.favorite o que te forma.
T.

Primeiro tente ouvir e ler a tradução, depois vem pra cá: http://www.youtube.com/watch?v=1Oup2QVkUJo

Eu deveria fazer uma tatuagem com o seu nome e tirar meu passaporte novamente.

Eu procuro a  ”Liberdade através da Vida, Amor e Música”. A sua base é uma triskle que te traz a possibilidade de ser inconstante, de poder mudar, renovar. De ser “livre como um pássaro”. Nós somos cancerianos. Natos. E eu acho que chegou a hora de tirar um passaporte. Sua ideia está, a cada dia, querendo ser a minha também.

Eu não me importo em fazer isso sem um anel bem no meu dedo anular e eu deveria preparar um banho quente pra você e enchê-lo de bolhas.

Eu não preciso disto para confirmar o que já está na cara, não precisa seguir os padrões da sociedade de ficar-namorar-noivar-casar. Eu não preciso disso. Nem você. Somos bestas demais pra ficarmos presos a essas coisas, né?!

E um banho desses seria motivo para uma guerra sem fim entre a besta e o abobado, rs. Você acabou de me fazer parar de escrever porque não consegue ouvir a música pelo celular, ce é besta pacarai né? Tá aí ansiosa implorando pra saber o que é hahahahaha. Eu te falei que somos 2 bestas, não falei? :v

Talvez você seja adorável, talvez você seja meu floco de neve e seus olhos mudam de cor, no inverno eu vou aquecê-la.

Porque alguém uma vez me fez repensar na palavra “ADORAR” e teve a coragem de me chamar de “LEGALZINHO”. Semana passada disse que adorava o meu sorriso, rs, ganhei o dia vendo você arrancar involutariamente um “adoro”. Não sei como são seus olhos no inverno, mas lembro deles negros, que me prenderam e paralisaram (será que a gente conseguirá/conseguiu ir no show do Lenine?) de uma forma única. São lindos, já disse? E será que você pode ser um floco de neve maskavo?! HAHAHAHAHAHAHA

E você nunca deveria cortar seu cabelo, porque eu amo o jeito que você tira ele dos ombros. Você nunca saberá o quanto é linda pra mim, mas talvez eu só esteja apaixonado quando você me acorda.

Bethânia define. *_______*
Esse cabelo que já foi motivo de elogios, risadas, dramas (seus, óbvio, eu adoro ele!). Caraio, como você fica linda assim!

Você nunca saberá com certeza o quanto eu te acho foda e linda, por mais que eu fale o quão marcante você é.

Você iria se sentir culpada, se fizesse o mesmo comigo? Você poderia me fazer uma caneca de chá para abrir os meus olhos do jeito certo?

Éééé sabe quando eu disse que eu não tiraria nada? Então e quando a gente não entende o que a música quer dizer? Acontece vaaai .—-.

E o chá pode ser de cidreira, mate, de cogu, de cadeira ou do que for.

E eu sei que você ama shrek porque nós assistimos ele 12 vezes, mas talvez você também esteja esperando por um conto de fadas.

Ogrinha, sim agora posso te chamar assim. Qual a chance de eu ouvir um CD e no meio dele estar falando sobre Shrek e contos de fadas, no mesmo dia em que você quer me pintar de verde só porque eu te jogaria da cama? Hahahaha, pessoa certa, no momento certo, né? Qual a chance de eu lembrar de você numa foto x de uma pessoa que conheci há pouco tempo? Lembro de você bradando a plenos pulmões que era “meio ogra” desde o começo, pra não criar expectativas e mimimi. Uia e não é que eu gostei?! 

E se o seu dvd quebrasse,  você teria um VHS, por que eu nunca possuí um blu-ray, é verdade. E eu sempre fui um merda em jogos de computador porque você sempre ganha. E se eu perdesse, eu atravessava e atirava todos os controles na tv. Você riria de mim e estaria me perguntando se eu irei estar em casa na próxima semana.

Esse fim de semana descobri que você tem um Tocador de Vinil e isso parecia tão óbvio que eu não sei porque fiquei tããão surpreso. Eu sempre quis um sabia? Acho foda demais, classudo, fino, elegante. Imagina um jazz nele, luzes apagadas e uma dança? Uou.

Enquanto você é clássica, eu sou o moderno. Tenho jogos de video game, você tem discos de vinil. Eu sou da cidade grande, você ama a natureza. Você tem medo de um animal inofensivo, bonito e fofinho, eu tenho de um que é pavoroso, mortal e…ARRRGH! Você ogrinha, eu preguiça. Você ama ecosports, eu tenho medo de altura + velocidade. Você faz naturologia e trabalhou numa ong. Eu fiz administração e trabalho em escritório. Hoje você disse aceitar ser minha Fiona, se eu for o seu Shrek (fico imaginando quem será o burro HAHAHAHA). Você :v eu :P e como tudo isso combina de uma forma gostosa, né?

Ah, você tá aqui pedindo a letra de novo, será que eu termino isso rápido? rs

E você deitaria comigo até que eu adormecesse e agitaria seus cílios na minha bochecha entre dos lençóis. E eu acho que você odeia o cheiro de cigarro, você sempre tenta fazer com que eu pare, mas você bebe tanto quanto eu e olha que eu bebo muito, rs.

Por todas as vezes em que fui deitar e dormi 3 minutos depois. Dois Bestas. Bobos. Tipicamente cancerianos. É a sua cara fazer coisas do tipo, mesmo sem saber. Você já me xingou enquanto fazia cafuné, lembra? Será que aquela Sexta foi quando você ficou mais tensa sobre o que eu ia achar? Eu adoro o seu jeito doidinha de ser. Já disse isso? Nunca né? rs, adoro. Vem toda envergonhada, me cala a boca, me beija, ali na Paulista com a Augusta.

Eu te levarei para praia e caminharemos na areia e com uma pedra vou fazer um pingente de coração. E vou esculpi-la como um colar para que o coração fique onde é o seu peito. Agora um pedaço de mim é um pedaço da praia, o coração ficará exatamente onde precisa estar, que ele descanse pacificamente. Então respire e sinta o meu coração contra o seu agora.

No nosso 1º encontro eu te levei um elefantinho com elefantíase feito com um clipe e você riiiu descaradamente quando o viu .-. uashuasuhas. E não é que você também adorava elefantes?

Você acaba de me dar 5 minutos para resumir 35 dias de conversas que atravessam 15 horas por dia. Me diz, C.O.M.O.?

Você mostrou o seu diário, eu li algumas das suas anotações, você me contou que escreve, rasga e joga fora. Descobrimos o quanto não sabemos das coisas, mas “podemos pensar nelas e responde-las depois”. Te dei um beijo desajeitado (maldito casal ao lado!). Eee pronto, mulher marcante, como eu imaginava.É impressionante como você foi entrando na minha rotina sem pedir licensa e eu fui deixando e deixando e gostando e entrando na sua e saltando e contando histórias
e… e… e… COMO A GENTE FALA! Como é bom te ouvir falar rs.

Porque talvez eu só esteja apaixonado quando você me acorda
Talvez eu me apaixonei quando você me acordou.

Não queremos pressões, nós queremos o agora, cada instante vale,
Nos atentamos diariamente e ficamos doidos para ver um ao outro,
Prefiro falar de amor sem usar clichês,
Não precisamos de um “Eu te amo”,
nós fizemos dezenas de planos,
Nós estamos nos conhecendo,
Não quero que um dia acabe a nossa lista,
Prefiro te fazer sorrir e sorrir com você,
Você disse mil vezes que irá me morder,
Prefiro fazer existir 29 de Fevereiro de um ano que nem bissexto é.
Essa é aquele T. que um dia eu prometi escrever.
Você nunca saberá o quão linda você é.

Ps.: Você é Beeeeeeeeeeeeeeeest…aaaaaaa!

"Gosto da tua pele, do teu jeito, do teu olhar, teu cheiro, tua forma de amar. Antes de ti, o básico. Contigo, o céu. Depois, o gostinho de quero mais. Quero mais sempre, quero sentir teu corpo, teu gosto, teu cheiro. Teu corpo no meu, numa mistura louca, linda e deliciosa."

"Gosto da tua pele, do teu jeito, do teu olhar, teu cheiro, tua forma de amar. Antes de ti, o básico. Contigo, o céu. Depois, o gostinho de quero mais. Quero mais sempre, quero sentir teu corpo, teu gosto, teu cheiro. Teu corpo no meu, numa mistura louca, linda e deliciosa."

"Todas as manhãs quando despertava, se olhava no espelho perto de sua cama. Escolhia a roupa de acordo com seu humor, arrumado e perfumado se olhava novamente e sorria, gostava do que via. 
Homem, jovem, 22 anos, quatro namoros acabados e quatro ‘paixões’ em cada estado ou cidade do país. Vaidoso e simpático conquistava os mais variados tipos de mulher, era eclético e dominava qualquer assunto.
Seu ego era nas alturas, conquistador, sorria para todas, desde as senhoras que encontrara no elevador até garotinhas caminhando para escola; adorava crianças mas nunca falava sobre animais.
As mulheres que passaram em sua vida, todas ainda tinham algum contato, diversas mulheres, corpos, assuntos e sorrisos já passaram por aquelas mãos. Ou cama.
Era um homem molde; se adequava perfeitamente em cada estilo de mulher, desde as consumidoras,bêbadas,baladeiras até as quietas,tímidas e caseiras. Despertava diversos extintos dessas mulheres na cama, algumas, o mesmo não se lembra, outras se apaixonaram por ele e ele não soube. Em outros casos, ele se apaixonou.”
- K.

"Todas as manhãs quando despertava, se olhava no espelho perto de sua cama. Escolhia a roupa de acordo com seu humor, arrumado e perfumado se olhava novamente e sorria, gostava do que via. 

Homem, jovem, 22 anos, quatro namoros acabados e quatro ‘paixões’ em cada estado ou cidade do país. Vaidoso e simpático conquistava os mais variados tipos de mulher, era eclético e dominava qualquer assunto.

Seu ego era nas alturas, conquistador, sorria para todas, desde as senhoras que encontrara no elevador até garotinhas caminhando para escola; adorava crianças mas nunca falava sobre animais.

As mulheres que passaram em sua vida, todas ainda tinham algum contato, diversas mulheres, corpos, assuntos e sorrisos já passaram por aquelas mãos. Ou cama.

Era um homem molde; se adequava perfeitamente em cada estilo de mulher, desde as consumidoras,bêbadas,baladeiras até as quietas,tímidas e caseiras. Despertava diversos extintos dessas mulheres na cama, algumas, o mesmo não se lembra, outras se apaixonaram por ele e ele não soube. Em outros casos, ele se apaixonou.”

- K.

"Para viajar basta existir."


Fernando Pessoa

"Para viajar basta existir."

Fernando Pessoa

"Meu amor não está num outdoor, são poucos os que conseguem ver, se ao menos um desses poucos, fosse você."

"Meu amor não está num outdoor, são poucos os que conseguem ver, se ao menos um desses poucos, fosse você."

‎”Adoro melhores amigos que agem como se fossem um casal, e casais que agem como se fossem melhores amigos.”

‎”Adoro melhores amigos que agem como se fossem um casal, e casais que agem como se fossem melhores amigos.”

O que será que está acontecendo com essa menina?O sorriso que se foi, não quer mais voltar.A blusa branca, manchada de lágrimas perdidasSó traz a incerteza se o amor é real ou feito pra sonhar…Os beijos, os discos, os livrosNão tem importânciaPois tudo faz parte do acordo de não se ver mais…Mas a saudade que traz a tal insegurançaÉ parte da parte de um amor que ficou para trás.Os riscos, as cartas, os ciscos,viraram lembrançassão coisas inúteis que a dor deixou para trásse perderam entre o tempo perdido e a nossa distância…já nem sei se foi culpa do amor ou sorte do azar.Os beijos, as cartas, os vídeosViraram herançaPedaços de um quebra-cabeças ruim de montarPerder tudo isso é ganhar, por si, esperançaE olhar no espelho e dizer: por você vou lutarEnquanto a chuva molhar,Enquanto a estrela brilhar,Enquanto o mundo girar, eu vou…Acreditar!No amor…Acreditar, não na dor…Fabio SousaOutubro / 2003


O que será que está acontecendo com essa menina?
O sorriso que se foi, não quer mais voltar.
A blusa branca, manchada de lágrimas perdidas
Só traz a incerteza se o amor é real ou feito pra sonhar…

Os beijos, os discos, os livros
Não tem importância
Pois tudo faz parte do acordo de não se ver mais…
Mas a saudade que traz a tal insegurança
É parte da parte de um amor que ficou para trás.

Os riscos, as cartas, os ciscos,
viraram lembranças
são coisas inúteis que a dor deixou para trás
se perderam entre o tempo perdido e a nossa distância…
já nem sei se foi culpa do amor ou sorte do azar.

Os beijos, as cartas, os vídeos
Viraram herança
Pedaços de um quebra-cabeças ruim de montar
Perder tudo isso é ganhar, por si, esperança
E olhar no espelho e dizer: por você vou lutar

Enquanto a chuva molhar,
Enquanto a estrela brilhar,
Enquanto o mundo girar, eu vou…
Acreditar!
No amor…
Acreditar, não na dor…


Fabio Sousa
Outubro / 2003

Vem que eu te esquento.

Vem que eu te esquento.

Um sms, um sorriso.

Um sms, um sorriso.

"Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele."
- Martin Luther King

"Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele."

- Martin Luther King